sexta-feira, 5 de agosto de 2016

R. P. Cardozo: Agenda de Missas em Agosto 2016


"Quem só quer o que Deus quer tem tudo o que deseja." 
(Santo Afonso Maria de Ligório)

Capela Cristo Rei - Ipatinga/MG

Missas Católicas em Ipatinga - Agosto/2016:

07 — Domingo — Ipatinga – MG — 19:30 
08 — Segunda — Ipatinga – MG — 19:30 
09 — Terça — Ipatinga – MG — 19:30 
10 — Quarta — Ipatinga – MG — 10h

21 — Domingo — Ipatinga – MG — 19:30
22 — Segunda — Ipatinga – MG — 19:30
23 — Terça — Ipatinga – MG — 19:30
24 — Quarta — Ipatinga – MG — 19:30

Capela Cristo Rei  - Ipatinga/MG
Rua Cardeal, 920. Vila Celeste.
Contato: (31) 9 9917-5529
 
"Iremos às catacumbas, iremos não importa onde, mas continuaremos crendo. Não abandonaremos nossa Fé." -Monsenhor Lefebvre

Santo Hilário: o santo que não estava "misteriosamente unido".

MISSÃO SAGRADA FAMÍLIA - BETIM/MG


“Somos católicos e não queremos ser hereges; somos cristãos e não queremos ser arianos; não se pode pretender conciliar coisas contraditórias; reunir o que é oposto, juntar o verdadeiro e o falso. Fazer com que o dia e a noite, a luz e as trevas existam ao mesmo tempo.” (Moehler, T. 2, p. 127) grifos meus.


Texto do Padre Michael Boniface.


Fonte: Mosteiro da Santa Cruz. É isso mesmo: Mosteiro da Santa Cruz/RJ-Brasil... (7 de fevereiro de 2012)

Para saber do que se trata, leia aqui.

segunda-feira, 18 de julho de 2016

FOTOS – INAUGURAÇÃO DA NOVA CAPELA CRISTO REI – IPATINGA/MG – FESTA DE N. S. DO CARMO - ANIVERSÁRIO DE 4 ANOS DA MISSÃO - 16/07/16


Agradecemos a todos que colaboraram de maneira ou outra pela construção de nossa nova Capela.

Agradecemos de modo especial ao R. P. Cardozo por nos proporcionar uma Missão Católica com 4 anos de combate ao erro sem ensinar nada novo mas tão somente transmitir o tesouro da Fé e da Sã Doutrina tal como ela sempre foi ensinada pela Santa Igreja.

Nossos agradecimentos também aos fiéis que vieram de outras cidades para estar presente conosco nesta data tão importante.

Boa árvore, bons frutos.

Viva Cristo Rei!

4 anos.

***

*Em breve publicaremos os sermões e catequeses gravados nestas últimas semanas que o Padre esteve conosco. Acompanhe aqui blog ou em nosso canal do youtube.

FIRMES E DIGNOS


sexta-feira, 15 de julho de 2016

10 Estupendos atos de honestidade

Embora eu tenha cessado de acompanhar as notícias da “Desistência” – simplesmente por dispor meu tempo em coisas mais importantes do que com hereges – ontem fui informado de que um desistente williamsonista, leitor assíduo deste blog, sugere uma retratação por parte daqueles que defendem a doutrina católica sobre a árvore e os frutos:
"Toda árvore boa dá bons frutos; toda árvore má dá maus frutos. Uma árvore boa não pode dar maus frutos; nem uma árvore má, bons frutos." (São Mateus VII, 17-18)

-São João Crisóstomo (in homiliae in Matthaeum, hom. 23,7):

"Para que ninguém diga que a árvore má produz maus frutos mas também produz os bons, e que por causa disso será difícil reconhecê-la a não ser provando os dois frutos, acrescenta: “Não pode a árvore boa ter maus frutos, nem a árvore má ter bons frutos”.

Tal retratação seria, segundo ele, um “estupendo ato de honestidade” (sic!).

Bom, não sei se este senhor está doente ou que se passa com ele, mas é óbvio que não vamos nos retratar por seguir o que ensina Santo Agostinho, São João Crisóstomo, Nosso Senhor Jesus Cristo e toda a Santa Igreja; pois diferente desse personagem que apostatou de sua fé, nós permanecemos católicos e queremos salvar nossas almas.

Mas como me agradou tal expressão, deixo aqui uma lista com alguns verdadeiros atos de honestidade para esse senhor praticar:

segunda-feira, 4 de julho de 2016

10 coisas que as Escrituras nunca disseram

“Nas Sagradas Escrituras devemos buscar a verdade, e não a eloquência. Todo livro sagrado deve ser lido com o mesmo espírito que o ditou.” Imitação de Cristo, livro I, cap.5
10 coisas que as Escrituras nunca disseram:

1.   “Não pode uma árvore boa dar maus frutos nem uma árvore má dar bons frutos, mas, se houver uma árvore metade boa e metade má pode produzir frutos metade bons e metade maus.” São Mateus VII, 18
 
2.   “Dizei somente: Sim, se é sim; não, se é não. Tudo o que passa além disto vem do Maligno, mas não leve isso tão a sério.” São Mateus V, 37.
 
3.   “Antes de tudo, sabei que nenhuma profecia da Escritura é de interpretação pessoal, entretanto, a alguns lhes dou esse direito.” II São Pedro I,20

quinta-feira, 30 de junho de 2016

R. P. CARDOZO: AGENDA DE MISSAS MÊS DE JULHO/2016


“Quando os chefes se tornam traidores, os soldados tomam a iniciativa”
(Caetus Internationalis Patrum)

Capela Cristo Rei - Ipatinga/MG (Inauguração oficial 16/07)

Missas Católicas em Ipatinga, Barbacena e Belo Horizonte – Julho/2016:

01/07 – Missa em Ipatinga às 19:30, seguida de Adoração ao Ssmo Sacramento (Festa do Preciosíssimo Sangue de N.S.J.C – Primeira sexta do mês);
02/07 – Missa em Ipatinga às 17:00 (Visitação da SS. Virgem – Primeiro sábado do mês);
03/07 – Missa em Ipatinga às 10:30, seguida de áudio-visual sobre Itália (7º Domingo depois de Pentecostes);
04/07 – Missa em Ipatinga às 19:30 (Féria);
05/07 – Missa em Ipatinga às 19:30 (S. Antônio Maria Zacarias, Confessor);
06/07 – Missa em Ipatinga às 19:30 (Féria);
07/07–Missa em Barbacena às 19:30 (Ss. Cirilo e Metódio);
08/07–Missa em Barbacena às 19:30 (Sta Isabel, Rainha, Viúva);
09/07–Missa em Barbacena às 10:00 com Primeira Comunhão (Féria);
09/07 – Missa em BH às 18:00 (Féria);
10/07 – Missa em BH às 10:00 (8º Domingo depois de Pentecostes);
10/07 – Missa em Ipatinga às 19:00 (8º Domingo depois de Pentecostes);
11/07 – Missa em Ipatinga às 19:30 (S. Pio I);
12/07 – Missa em Ipatinga às 19:30 (S. João Gualberto, Abade);
13/07 – Missa em Ipatinga às 19:30 (S. Anacleto, Papa e Mártir);
14/07 – Missa em Ipatinga às 19:30 (S. Boaventura);
15/07 – Missa em Ipatinga às 19:30 (B. Inácio de Azevedo e Comps. Ms.);
16/07 – Missa em Ipatinga às 17:00, Inauguração oficial da nova Capela Cristo Rei, aniversário da missão, Missa seguida de Benção do Ssmo e convívio (Festa de Nossa Senhora do Carmo)
17/07 – Missa em Ipatinga às 10:30, Missa Cantada (9º Domingo depois de Pentecostes).


"Se soubéssemos o valor da Santa Missa morreríamos de amor"
(São João Maria Vianney)


Capela Cristo Rei  - Ipatinga/MG
Rua Cardeal, 920. Vila Celeste.
Contato: (31) 9 9917-5529

Visita do R. P. Padre Benzi à Missão Cristo Rei de Chihuahua, México

Padre Benzi se une ao bom combate pela Fé Católica! Viva Cristo Rei!

Enquanto um in-trincado sacerdote williamsonista ocupa seu tempo em difamações e falsas acusações, os verdadeiros Católicos seguem trabalhando pela Santa Igreja. 

Algumas fotos do R. P. Benzi em Chihuahua, México, 26/06/2016:








Leia também:

As intrincadas investigações de um sofista

 

Os delírios de um ruim, Trincado

 

quarta-feira, 29 de junho de 2016

Um blasfemador chamado Bergoglio


Há muito tempo que Bergoglio já deixou cair as máscaras, e já não temos dúvida nenhuma que sua missão é tentar destruir a religião verdadeira. Mesmo assim, ele consegue nos surpreender com seu nível de apostasia, dizendo a cada dia abominações piores do que já havia dito. De todos os usurpadores da cátedra de São Pedro, ele é o mais blasfemador de todos.

Aqueles que tiverem estômago, que leiam o que este imundo teve a ousadia de dizer sobre nosso adorável Salvador:

“Jesus se fez um pouco de ‘idiota'”, “Jesus não estava limpo” e “Jesus ‘violou a moral'”.

segunda-feira, 20 de junho de 2016

R. P. CARDOZO: MISSAS EM IPATINGA MÊS DE JUNHO/2016

Missas Católicas em Ipatinga, junho/2016:

22/06 – 19hrs30min (S. Paulino de Nola, Bispo, Confessor)
23/06 – 19hrs30min (Vig. da Natividade de S. João Batista)
24/06 – 19hrs30min (Natividade de São João Batista)
25/06 – 19hrs30min (S. Guilherme, Ab.)
26/06 – 10hrs30min (6º Domingo depois de Pentecostes)
27/06 – 19hrs30min (Nossa Senhora do Perpétuo Socorro)
28/06 – 19hrs30min (Vig. de Ss. Pedro e Paulo)
29/06 – 19hrs30min (Ss. Pedro e Paulo, Apóstolos)
30/06 – 19hrs30min (Com. de S. Paulo, Apóstolo)

Local: Capela Cristo Rei
Endereço: Rua Cardeal, 920.
Bairro: Vila Celeste. Ipatinga/MG

Contato: (31) 9 9917-5529
Thiago Maria

“O homem deveria tremer, o mundo deveria vibrar, o Céu inteiro deveria comover-se profundamente quando o Filho de Deus aparece sobre o altar nas mãos do sacerdote”. (São Francisco de Assis)

Tática Modernista - Dom Antônio de Castro Mayer

Monitor Campista, 12/06/1983
Heri et Hodie, nº 5, novembro de 1983

São Pio X, na encíclica Pascendi, com que desmascarou a hipocrisia dos modernistas, denuncia que estes hereges apresentam suas doutrinas não coordenadas e juntos como num todo, mas dispersas e como que separadas uma das outras, com o fito de serem tidos por duvidosos e incertos, ao passo que, de fato, estão firmes e constantes.

A maneira como agiram os redatores da Constituição Conciliar do Vaticano II sobre a Liturgia apresenta uma ilustração do que afirma São Pio X. E manifesta o sutil perigo para a Fé criado pela nova missa.

Foi diante da aplicação pós-conciliar daquela constituição pela nova missa que Julien Green, anglicano convertido ao Catolicismo, chegou à dolorosa e aflitiva conclusão:

De repente compreendi com que habilidade se conduzia a Igreja de uma maneira de crer, para outra totalmente distinta. Não era uma manipulação da Fé, mas algo de mais subtil. E exemplificava: Aos que me objetassem que o sacrifício era mencionado pelo menos três vezes na nova missa, eu poderia responder que há uma diferença muito grande entre mencionar uma verdade e pô-la em evidência (Cequ’ilfaut d’amour à l’homme – “O amor que se deve ao homem”)

Há, porém, mais. Os redatores da constituição litúrgica, pressentindo talvez o efeito contraproducente de uma demolição aberta, esgueiram-se através de proposições entre si inamoldáveis. Assim, no preâmbulo da constituição escrevem: “Obedecendo fielmente (sic!) à Tradição, declara o Concílio que a Santa Madre Igreja considera como iguais em direito e em dignidade todos os ritos reconhecidos e que ela quer, para o futuro, conservá-los e favorece-los de todos os modos”. Isso é dito no número 4 da Constituição.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

A pertinácia de um blasfemo.

Em uma conferência dada em St Marys (Kansas), em 26/05/2016, Dom Williamson, o líder da Desistência - o "grande autor anti-liberal" de Dom Tomás, seu fiel escudeiro - volta a recomendar a leitura blasfema, herética e erótica de Maria Valtorta: um "presente de Deus", diz ele. 

O bispo ainda pouco se importa quando questionado da presença do livro no Index.

Ativem a legenda e preparem o estômago:



...

Enquanto isso, na terra dos que não querem ver (nem combater):
 
"...Agradecemos (a Williamson) com todo nosso coração que tenha sido fiel, que continue transmitindo fielmente o que recebeu..." (Dom Tomás)

(sic...)

segunda-feira, 13 de junho de 2016

R. P. Cardozo: "Divisas Traídas"



Começamos explicando o que são divisas. Alguns fiéis podem não saber. Divisas são os lemas contidos nos escudos episcopais. Dito isto vamos ao que interessa.

Recentemente recordamos algo que Mons. Lefebvre ensinava a respeito da missa nova:         


"Está fora de questão incentivar as pessoas a irem ao novo rito pois, lentamente, mesmo sem perceber, elas terminarão ecumênicas"(Arcebispo Lefebvre, Conferência em Ecône, 11 de abril de 1990). 

Recentemente, Dom Tomas, em um sermão redundante de agradecimento a Mons. Williamson, cita a divisa do mesmo - "Fidelis inveniatur" - (Que sejamos encontrados fiéis). Ou se trata de um problema de visão, ou de uma infidelidade à Verdade. Cremos que é esta última o que se sucede com Dom Tomas, cuja a divisa - "Veritatis dilexisti" - (Tenho amado a verdade) está sendo traída frequentemente, dado que é difícil acreditar que Dom Tomás desconhece, por exemplo, a apologia do bispo inglês à missa nova, que pode ser frequentada para "nutrir a fé", o que notadamente entra em contradição com o que Mons. Lefebvre disse na citação acima, e o que os fatos demonstram.     

quinta-feira, 9 de junho de 2016

O amor próprio - ou o maior impedimento à vida de Cristo em nós.

O inimigo máximo da vida interior, segundo os autores espirituais, não é o mundo com suas tentações, nem o demônio com suas insídias, mas o amor desordenado de si mesmo; pois se não existisse em nós este amor, as tentações do mundo e as insídias do demônio seriam facilmente vencidas; no entanto, encontram um cúmplice neste amor desordenado.
 
Com a doutrina de S. Tomás, exposta na Suma Teológica [Ia IIae q. 77 e 84), vejamos de modo concreto e prático: 1o. Como o amor desordenado de si mesmo se opõe ao amor de Deus e não raro o destrói? ― 2o. Como o amor desordenado de si mesmo permanece latente mesmo nos melhores católicos? ― 3o. Que devemos pensar dos subterfúgios do amor próprio? ― 4o. Como se pode eficazmente combater este amor próprio? 1
 
* * *
 
1o. Como o amor desordenado de si mesmo se opõe ao amor de Deus e, não raro, o destrói?
 
Este amor desordenado é muito insidioso e variado. Primeiro porque esconde-se sob outros nomes, como honra, zelo do bom nome ou da própria dignidade; diz, p. ex., «o homem ama-se naturalmente, assim como o anjo se ama a si mesmo; quer para si o bem e nisto não há desordem. Sobretudo, pela caridade sobrenatural, devemos amar-nos a nós mesmo ainda mais que ao próximo». Mas o amor próprio desordenado não diz que, tanto na ordem natural, quanto na ordem sobrenatural, o amor de nós mesmos deve ser subordinado ao amor de Deus, autor da natureza e da graça. E se nos move a considerar esta subordinação, isto ocorre somente de modo teórico e abstrato, nunca de modo prático e concreto. Assim, implícita e realmente, acabamos buscando demasiadamente nosso próprio interesse.
 
Por conseqüência, o amor de si mesmo torna-se, pouco a pouco, desordenado; é isto uma seqüela do pecado original.

sábado, 28 de maio de 2016

Um herege entre hereges: Monsenhor Williamson administra confirmações na capela dos feneístas.

Algumas perguntas ao bispo inglês e seus seguidores:

1- Monsenhor Williamson, encontrou "milagres" aí também? (irônico)
2- Monsenhor Faure, visitaria os feneístas junto com Dom Williamson assim como disse que iria com ele ver a Francisco?
3- Monsenhor Thomás, não vê nada de errado nisso, como também disse não ver nos outros escândalos de seu "grande autor anti-liberal"?
4- Dominicanos de Avrillé, estão "misteriosamente unidos" aos feneístas como dizem estar com a igreja conciliar?

..."Senta-te à porta de tua casa e verás passar o cadáver de teu inimigo."...

Frutos "mais ou menos bons"? Responde S. S. Bento XV

"Tal es la naturaleza de la fe Católica que no admite más o menos, sino que debe ser sostenida como un todo, o rechazarse como un todo: Esta es la fe Católica, que a menos que un hombre crea con fe y firmemente, el no podrá ser salvado."

Papa Benedicto XV (1914-1922), Encíclica Ad Beatissimi Apostolorum.